Projeto de Extensão

O Curso de Pedagogia do IFC – Campus Rio do Sul congrega suas ações de extensão na seguinte concepção:

Dentre suas políticas institucionais o IFC tem como princípio que todos os cursos se engajem em ações que rompam as fronteiras entre Instituição de Ensino e Comunidade e isto também se aplica ao Curso de Pedagogia. Tal princípio busca sua efetivação de políticas que correspondam ao tripé: ensino, pesquisa e extensão.

Vale destacar também que as políticas institucionais possuem editais de fluxo contínuo – tanto para pesquisa quanto para extensão.

A extensão – é compreendida, institucionalmente como “processo educativo, cultural, social, científico e tecnológico que promove a interação entre as instituições, os segmentos sociais e o mundo do trabalho com ênfase na produção, desenvolvimento e difusão de conhecimentos, visando o desenvolvimento socioeconômico sustentável local e regional”, sendo regida por normativa própria: a Resolução 062/2013, do Consuper. A atividade de extensão é integrante do processo de produção de conhecimento, e não, como muito equivocadamente percebida, uma atividade à parte desse processo. É por meio da extensão que grande parte das ações do curso de Pedagogia voltadas à comunidade externa se efetivam. Citamos, a título de exemplo: processos de formação continuada de docentes (solicitadas pelas redes de ensino da região), eventos (de formação científico-cultural) tais como as Semanas Acadêmicas, colóquios, grupos de pesquisa, projeto de apoio em escolas da região, palestras e de um projeto próprio do curso: I – Projeto: Atividades de Aprofundamento científico-cultural (AACC): cadastrado na coordenação de extensão do Campus, peretencente ao curso de pedagogia, envolvendo diversos professores do curso, cujo objetivo central é contribuir com a formação dos acadêmicos dos cursos superiores do IFC – campus Rio do Sul.

II – Projeto – Colóquios sobre questões educacionais contemporâneas: o projeto envolve as disciplinas ministradas no curso de Pedagogia. Apresenta como objetivos: trabalhar numa perspectiva integradora que atenda à formação dos discentes, nas especificidades dos conceitos próprios das disciplinas envolvidas, trazendo para o debate questões educacionais contemporâneas.

Ação também própria do curso de Rio do Sul é o evento “PEDAGOGIA EM FOCO”, que ocorre na terceira semana do mês de novembro. Trata-se de um evento, em semana letiva, para docentes e discentes, aberto ao público externo. Os objetivos permeiam: Constituir-se como oportunidade de ampliação e aprofundamento do processo formativo do pedagogo; Possibilitar espaços de reflexão sobre as práticas pedagógicas, a partir dos estágios curriculares obrigatórios e das Disciplinas de Pesquisa e Processos Educativos; Compartilhar com a comunidade (publicização) o percurso formativo dos estágios curriculares obrigatórios; Compartilhar com a comunidade (publicização) resultados de pesquisa de TC.

O curso de Pedagogia, incluído aos demais cursos de Graduação ofertados pelo IFC, visa garantir uma formação integral e crítica para os discentes como forma de capacitá-los para o exercício da cidadania, formação para o trabalho e seu pleno desenvolvimento pessoal.

No que se refere à política de ensino, o IFC advoga o nível superior é definido pela busca e construção de autonomia intelectual do estudante e pelo ideal de democratização do saber.

Em constante relação e articulação entre o ensino, a pesquisa e a extensão, os cursos de Licenciatura, em consonância com as normas do MEC, devem organizar um desenho curricular flexível, tendo os componentes práticos integrados aos conteúdos teóricos, rumando sempre à interdisciplinaridade, e nesta direção e nestes balizadores da ação pedagógica, que o curso de Pedagogia do IFC – Campus Rio do Sul efetiva suas ações – ensino, pesquisa e extensão – como norteadores para o perfil do egresso, descrito no Projeto Pedagógico do curso.

Vale ressaltar ainda que dentre as políticas institucionais do IFC se destaca o Colegiado Institucional Articulador da Formação Inicial e Continuada de Professores (COFOR) no qual representantes dessa instituição de das redes de ensino dos municípios do Médio Vale do Itajaí discutem e propõem políticas para essa área, destaca-se aqui o FFP – Fórum de Formação de Professores que no presente ano realizou a sua 3ª edição.

PROJETO:   ATIVIDADES PEDAGÓGICAS DE APROFUNDAMENTO CIENTÍFICO-CULTURAL (AACC)

RESUMO:  Tem-se por objetivo central contribuir com a formação dos acadêmicos dos cursos superiores do IFC – campus Rio do Sul, podendo ser contabilizado como horas de Atividades de Aprofundamento Científico Cultural (AACC) para as licenciaturas, cuja exigência é de 200 horas de formação para o licenciado, segundo legislação em vigor, além de contribuir com a formação continuada da comunidade em geral. Outro fator que justifica este projeto diz respeito à possibilidade de articulação entre ensino, pesquisa e extensão, oferecendo à comunidade externa a possibilidade de frequentar as atividades propostas (cursos, minicursos, oficinas, seminários, etc). Para os acadêmicos e comunidade externa será possível fazer desses espaços/tempos oportunidades para investigar aspectos voltados às demandas de formação pessoal ou sociais ou de competência técnico-científica. Dentre os temas abordados terão prioridade: aqueles voltados para uma formação ética, crítica e humanística; que considerem as questões de diversidade cultural e científica necessárias para a formação da identidade profissional de sujeitos conscientes do seu papel na construção e transformação do meio em que vivem; que possam estimular posturas ativas na busca e construção dos espaços sociais, para a definição de caminhos e ressignificações de práticas pessoais, sociais, educacionais, tendo como responsabilidade promover ações para a cidadania, voltando-os às demandas sociais.

INTEGRANTES:

Coordenadores do Projeto: Solange Aparecida de Oliveira Hoeller e Amauri Carboni Bitencourt

Demais colaboradores do Projeto:

Moacir Gubert Tavares

Patrícia da Costa Sabino

Francisléia Giacobbo dos Santos

ATIVIDADES DESENVOLVIDAS PELO PROJETO:

Atividade de Oficina Lúdica articulada com o Projeto AACC – Atividades aprofundamento científico-culturais

No sábado, dia 05/10, as disciplinas de Infância e Pedagogia, Alfabetização e Letramento, Fundamentos e Metodologia em Língua Portuguesa e Jogo, Brinquedo e Brincadeira promoveram uma atividade integrada para abordar aspectos referentes à linguagem do brincar na primeira infância. Na ocasião a professora Bruna Raiol e a acadêmica Isadora Custódio, ambas do Campus Blumenau, ministraram um oficina intitulada “Jogos, brinquedos e brincadeiras cantadas”. Foi um sábado muito significativo, cheio de música, diversão e inúmeros aprendizados!

A Oficina foi articulada pelas professoras do Curso de Pedagogia – Campus Rio do Sul: Nakita Marquez e Patrícia da Costa Sabino.

Texto e imagens: Nakita Marquez).

Atividade de equoterapia articulada com o Projeto AACC – Atividades aprofundamento científico-culturais

No dia 31/08/2019 acadêmicos da segunda fase do Curso de pedagogia – Campus Rio do Sul –  participam de atividade de extensão do Projeto Equoterapia e Zootecnia, coordenado pelas professoras Silvana Quiteiro e Vera  Lúcia Freitas Paniz do  Instituto Federal Catarinense: aprendizagem, integração, inclusão… convivência… benefícios múltiplos e ímpares… os acadêmicos  foram acompanhados pelos professores Solange Hoeller e Amauri Bitencourt.
 Gratidão às professoras Coordenadoras do Projeto e as monitoras: Milena Júlia Chirolli, Pamela de Souza e Esthefani  Luiza Rosa!

Palestra sobre Autismo articulada com o Projeto AACC – Atividades  aprofundamento científico-culturais!

No dia 15/06/19 (Sábado), das 08h e 30min às 11h e 30min aconteceu no Auditório da Unidade Urbana a palestra sobre “Autismo na escola: diferentes formas de aprender e ensinar – experiências do cotidiano na Educação Especial”. A palestra foi proferida pela especialista, Profª Liliane Niehues, docente da APAE – Rio do Sul/SC. O evento faz parte do projeto AACC, do Curso de Pedagogia e, foi organizado pela disciplina Psicologia da Educação, articulado pela professora Francisléia Giacobbo dos Santos.

Estiveram presentes a comunidade acadêmica do Campus (alunos e servidores) bem como pessoas da comunidade externa.

Dia 09/06/2018: O Projeto De Extensão: Atividades Pedagógicas De Aprofundamento Científico-Cultural (AACC) promoveu atividade de Equoterapia

A atividade faz parte do Projeto de Extensão: Atividades pedagógicas de aprofundamento científico-cultural (AACC), vinculado ao curso de Pedagogia do campus Rio do Sul. A atividade proposta constituiu-se em uma prática/vivência: de Equoterapia”, conduzida por Silvana Cony Quiteiro e Vera Lúcia Freitas Paniz que coordenam o Projeto de Equoterapia e Zooterapia na Unidade Sede do campus Rio do Sul. Os acadêmicos foram acompanhados pelas professoras Bruna Donato Reche e Patrícia da Costa Sabino.

Nakita A. G. Marquez

ATIVIDADE DE APROFUNDAMENTO CIENTÍFICO-CULTURAL – AACC

No dia 25 de Maio de 2019 foi realizada a atividade de vivência de equoterapia, atividade foi realizada no IFC – Campus Rio do Sul (Sede), tem por objetivo Proporcionar às pessoas com necessidades especiais o desenvolvimento de suas potencialidades, respeitando seus limites, auxiliando a terapia tradicional; Promover a inclusão social, formação da cidadania;Contribuir para a reabilitação e qualidade de vida das pessoas atendidas no centro. O publico alvo foram os alunos de Licenciatura em Pedagogia. As Professoras responsáveis pelo projeto de equoterapia e pela vivência: Silvana Cony Quiteiro e Vera Lúcia Freitas Paniz.

PROPONENTE(S) E COLABORADORES:
Professores: Amauri Carboni Bitencourt

Francisleía Giacobbo dos Santos

Moacir Gubert Tavares

Solange Aparecida de Oliveira Hoeller

PROJETO: DO APRENDER AO ENSINAR MATEMÁTICA NOS ANOS INICIAIS

Coordenadora do Projeto: Morgana Scheller

RESUMO:

O projeto tem como objetivo complementar formação docente por meio de uma proposta teórico-metodológica de Matemática para professores dos anos iniciais da EEB Dr. Frederico Rolla. A base de sustentação do modelo de formação que se propõe tem como referência a investigação-formação-ação. Para tal, a metodologia utilizada envolverá encontros quinzenais que abordarão fundamentos de matemática, análise e estudo das atuais tendências temáticas em Educação Matemática, além de temas específicos emergentes das demandas dos professores do grupo, planejamento colaborativo de estratégias pedagógicas e análise das potencialidades e limitações da utilização de recursos pedagógicos. O projeto procura fortalecer o vínculo que deve existir entre a escola e a universidade. Mais informações no arquivo:  PROJETO – MORGANA – ANOS INICIAIS – EXTENSÃO

PROJETO: BRINQUEDOTECA – CEM LINGUAGENS

Um projeto de brinquedoteca precisa ser compreendido na concepção mais ampla do significado do brincar para as crianças, sobretudo, nos espaços institucionalizados para este fim. Atualmente, as crianças começam a frequentar cada vez mais cedo as instituições educativas, como as creches e as escolas de Educação Infantil. Nesses espaços, o brincar, muitas vezes, é desvalorizado em relação a outras atividades, consideradas mais produtivas. A brincadeira acaba por ocupar o tempo da espera pelos pais, do intervalo, quando sobra tempo, etc. Valorizar a brincadeira não é apenas permiti-la, é suscita-la. Destacamos que o espaço da Brinquedoteca, para além de um cumprimento legal, pretende se estabelecer por meio do ensino/pesquisa/extensão, como já anunciado, considerando três demarcações que permeiam os objetivos deste projeto e as ações pertinentes a ele: 1) A Brinquedoteca como espaço de formação inicial (graduandos) e continuada (profissionais do magistério da comunidade); 2) A Brinquedoteca como espaço de interação: docentes e demais servidores do campus; acadêmicos/professores da comunidade/crianças, etc; 3) A Brinquedoteca como espaço de captação de recursos: para estágios / PCCs / oficinas para os acadêmicos, monitorias.

Observações quanto às atividades de formação do projeto:

Destacamos que o espaço da Brinquedoteca, para além de um cumprimento legal, pretende se estabelecer por meio de atividades que envolvam ensino/pesquisa/extensão, como já anunciado, considerando três demarcações que permeiam os objetivos deste projeto e as ações pertinentes a ele e, assim, promover:

  • A Brinquedoteca como espaço de formação inicial (graduandos) e continuada (profissionais do magistério da comunidade), por meio de oficinas, simposiso, exposições, feiras, ateliers, etc;
  • A Brinquedoteca como espaço de interação: docentes e demais servidores do campus; acadêmicos/professores da comunidade/crianças, etc;
  • A Brinquedoteca como espaço de captação de recursos: para estágios / PCCs / oficinas para os acadêmicos, monitorias, etc.

INTEGRANTES:

Coordenadores do Projeto: Solange Aparecida de Oliveira Hoeller e Amauri Carboni Bitencourt

Demais colaboradores do Projeto:

Moacir Gubert Tavares

Rogerio Sousa Pires

PROJETO: COLÓQUIO INTEGRADO  SOBRE QUESTÕES EDUCACIONAIS CONTEMPORÂNEAS

RESUMO

Os colóquios sobre temas educacionais contemporâneos são promovidos deste 2013 e, a princípio, de modo isolado pelas Disciplinas de História da Educação e Teorias Educacionais e Curriculares, junto a turmas de licenciatura em Matemática e Física. Com a abertura do curso de Pedagogia e de outros docentes que integraram o corpo docente das licenciaturas, no ano de 2016, a perspectiva se alargou. O projeto é coordenado pelo professor Amauri e por mim. Os temas dos colóquios integrados estarão em diálogo com os objetivos e conceitos das Disciplinas envolvidas, em suas especificidades, e, sobretudo, no entrelaçamento e diálogo destas entre si, numa perspectiva dialógica e interdisciplinar. Dentre os temas listados, poderão ser abordados os ligados à consciência da diversidade; os de natureza ambiental-ecológica; étnico-racial; de gênero; de faixas geracionais; de classes sociais; religiosas; de necessidades especiais; de diversidade sexual; as relações entre educação e trabalho; educação e diversidade; direitos humanos; cidadania; políticas públicas, dentre outros.

OBJETIVO GERAL

Este projeto pretende contribuir com a formação dos futuros licenciados, sobretudo, dos acadêmicos do curso de Pedagogia, e comunidade em geral, especialmente com temas ligados à consciência da diversidade; os de natureza ambiental-ecológica; étnico-racial; de gêneros; de faixas geracionais; de classes sociais; religiosas; de necessidades especiais; de diversidade sexual; os que abordem as relações entre educação e trabalho; educação e diversidade; direitos humanos; cidadania; políticas públicas.   Atividade do 1º e 2o Semestres de 2016 – Colóquio integrado

INTEGRANTES:

Coordenadores do Projeto: Solange Aparecida de Oliveira Hoeller e Amauri Carboni Bitencourt

Demais colaboradores do Projeto: Docentes de disciplinas do Curso de Pedagogia do semestre em curso

Your home for listening to and interacting with https://paper-writer.org/ misterduncan in england.